Yearly Archives: 2017

CORES PARA CADA AMBIENTE

Mudar as cores das paredes é uma tarefa divertida... Mas escolher o tom certo para cada cômodo é algo demorado e que gera dificuldade. Com isso, separamos algumas dicas para facilitar na hora de escolher a cor certa. Confira:

  1. Quarto: Tons azuis e cinza ajudam na hora do sono, fazendo com que você durma mais e com mais qualidade.
  2. Escritório: Depende da sua área de atuação. O amarelo junto com as cores quentes são ideais para profissionais criativos. Já os tons em azul são para profissionais que realizam funções mais metódicas e calmas.
  3. Banheiro: A sugestão é que se utilize tons pasteis, pois deve ser um ambiente calmo e com claridade.
  4. Cozinha: Vermelho e Amarelo são cores que estimulam o paladar e deixam as visitas ansiosas para a refeição. Porém, são cores vibrantes e tornam o ambiente quentes. O branco, por outro lado, evidencia a limpeza do ambiente e dá uma sensação de amplitude.
  5. Sala de Estar: O cartão de visita da sua casa é a sala de estar. Procure escolher algo que combine com o seu estilo e cause uma ótima impressão à quem entra.

Gostou das dicas? Acesse: https://casaclaudia.abril.com.br/ambientes/as-melhores-cores-para-pintar-cada-ambiente-da-casa/ e saiba mais.

VAZAMENTO: COMO EVITÁ-LO COM DICAS SIMPLES!

O vazamento é um problema que muitas vezes pode sair mais caro do que se imagina. Pensando nisso, conversamos com o arquiteto Willian Iacunas e separamos algumas dicas de como evitar este tipo de problema. Confira:

Um dos principais fatores para o vazamentos em paredes, lajes e pisos é a falta de impermeabilização. Ela pode aparecer em qualquer ambiente da casa, mas é muito mais frequente nas áreas molhadas (banheiro, cozinhas e área de serviço).

Há também problemas de infiltração com a colocação inadequada das esquadrias (janelas e portas), ou até de tubos e conexões com o projeto de hidráulica. A melhor forma de evitar esses problemas, é impermeabilizando... Ela deve acompanhar a movimentação certa que ocorre entre em paredes e pisos. Sempre procurar um profissional bem capacitado para isso, pois feito errado pode criar aberturas por onde a água irá passar. Geralmente é necessário raspar o reboco na região onde há a infiltração e esperar secar.

Depois, o correto seria aplicar algum produto impermeabilizante e fazer o novo reboco com massa de cimento bem forte. O ideal do impermeabilizante é que ele seja passado do lado de fora, isto é para evitar a penetração da água, caso seja feito pelo lado de dentro a solução temporária.

Gostou das dicas? Aproveite e acesse: www.shoppingmoveismoema.com.br e confira muito mais!

COMO INICIAR UMA OBRA?

Como iniciar uma obra? Quais passos devo seguir? O que devo fazer? São perguntas frequentes que aparecem antes de começar qualquer construção. Com isso, separamos algumas dicas da Arquiteta Letícia Juliana Pazian - Empresa: Letícia Pazian Arquitetura. Confira e não erre na hora de dar o start na obra:

Ter todo o projeto plotado na obra

É fundamental ter todo o projeto de arquitetura plotado na obra, incluindo os desenhos que no início ainda não serão utilizados (ex: marcenarias). O material completo explica o todo do projeto e é importante que todos os envolvidos da obra tenham uma visão ampla do conjunto e resultado final.

Local com uma mesa para abrir os desenhos e fazer análise do projeto

Este espaço permite fazer o estudo e análise dos desenhos sozinho ou em conjunto com a equipe. É o local de reunião, onde todos poderão discutir e analisar dúvidas do projeto. Importante ter alguns materiais de apoio nesta mesa, como lápis, caneta, escalímetro e um caderno de obra.

Caderno para relatório diário de obra

Todos os dias deve ser anotado neste caderno um relatório do dia de obra. Também serve para anotações de dúvidas que servirão de pauta quando for feita a visita do arquiteto. Serve também de check list e histórico para lembrar dos itens que foram discutidos e acordados.

Preparação do ambiente e proteção dos itens que serão mantidos

Para iniciar a obra, os ambientes envolvidos devem estar limpos e vazios para facilitar o trabalho no local. Proteger pisos com papelão, embalar louças e equipamentos e armazenar em local seguro para não quebrar.

Mão na massa e vamos começar!

TAPETES: QUAL O TIPO CERTO NA HORA DE COMPRAR?

Escolher tapete não é uma tarefa fácil, existem diferentes modelos, tamanhos, cores e até preços, então se juntarmos tudo para escolha de um tapete exato para cada ambiente seria extremamente complicado. Mas existe algumas dicas para comprar o tapete certo para o local sim! Conversamos com o arquiteto Willian Iacunas e separamos as melhores dicas para não errar na escolha do tapete:

A primeira dica e mais importante, é sempre deixar o tapete para o final do projeto, pois precisamos saber onde os móveis estão colocados, as cores e tamanho do ambiente.

Para quarto de crianças não seria muito agradável usar tapetes caros pois as chances de estragarem são altas.

Para banheiros e cozinhas não usamos os tapetes com pelos devido a umidade também desgastaria muito rápido.

Para esses ambientes citados a cima, usa-se muito os tapetes com fácil manutenção, pois podem sujar e estragar com mais facilidade. E se tiver animais de estimação, lembrem-se que  cores claras sujam com MUITA facilidade.

Para os ambientes maiores e de maior fluxo como a sala, sala de jantar e estar, os tapetes não existe um tamanho exato nem onde devem ficar, usa-se muito o tapete saindo do sofá, mas também usa-se muito os tapetes entrando até a metade do sofá, não existe um padrão a ser seguido. Hoje em dia é muito comum ver tapetes de diferentes tamanhos no mesmo ambiente, quebrando a sensação de uma coisa só.

Os tapetes de nylon são ideais para salas e salas de jantar, onde o fluxo de pessoas é maior. Eles são mais práticos de limpar e possuem cores e tamanhos variados, o que facilita a escolha.

Os tapetes de couro ficam bem em todos os ambientes, são modernos, de fácil manutenção.

Os de sisal são ótimas opções para casas de campo e de praia, é um tapete com um bom custo-benefício, preço baixo e alta durabilidade.

Já os tapetes felpudos, são indicados para ambientes de conforto total, então ficam bem em quartos, salas de tv's e estar íntimo.

Gostou das dicas? Acesse www.shoppingmoveismoema.com.br e confira muito mais!

QUARTO MONTESSORI – COMO FAZER?

O método Montessori foi desenvolvido pela médica e pedagoga Maria Montessori, onde o foco é estimular a autonomia e a liberdade das crianças. Com várias técnicas dentre elas atividades e brincadeiras, o quarto das crianças influencia muito no crescimento.

Um quarto Montessoriano tem por objetivo deixar os móveis e objetos na altura dos olhos da criança para que haja um desenvolvimento por parte dela. A seguir separamos algumas dicas de como montar um quarto estilo Montessori, confira:

  1. Cama: O colchão deve ficar no chão ou em cima de um palet para a criança deitar e levantar a hora que quiser.
  2. Brinquedos: Os brinquedos organizados em nichos no chão são ideais para gerar interesse na criança.
  3. Deixe um número de brinquedos expostos e guarde os outros. A cada 15 dias faça um revezamento para que a criança não caia na monotonia.
  4. Espelho: Um detalhe importante é deixar um espelho na parede para os pequenos se reconhecerem. Mas cuidado, cole o espelho em uma placa de MDF ou madeira para que não haja problemas caso o espelho quebre.
  5. Barra na parede: Fixe uma barra na parede para facilitar o processo de andar.
  6. Tapete: Ótimo para começar a estimular as experiências sensoriais do bebê.

Gostou das dicas e quer saber mais? Acesse: http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/Ambientes/Quarto/Quarto-de-crianca/noticia/2016/01/quarto-montessoriano-entenda-o-metodo-e-aprenda-decorar-o-ambiente.html

CORES PARA CADA AMBIENTE

Mudar as cores das paredes é uma tarefa divertida... Mas escolher o tom certo para cada cômodo é algo demorado e que gera dificuldade. Com isso, separamos algumas dicas para facilitar na hora de escolher a cor certa. Confira:

  1. Quarto: Tons azuis e cinza ajudam na hora do sono, fazendo com que você durma mais e com mais qualidade.
  2. Escritório: Depende da sua área de atuação. O amarelo junto com as cores quentes são ideais para profissionais criativos. Já os tons em azul são para profissionais que realizam funções mais metódicas e calmas.
  3. Banheiro: A sugestão é que se utilize tons pasteis, pois deve ser um ambiente calmo e com claridade.
  4. Cozinha: Vermelho e Amarelo são cores que estimulam o paladar e deixam as visitas ansiosas para a refeição. Porém, são cores vibrantes e tornam o ambiente quentes. O branco, por outro lado, evidencia a limpeza do ambiente e dá uma sensação de amplitude.
  5. Sala de Estar: O cartão de visita da sua casa é a sala de estar. Procure escolher algo que combine com o seu estilo e cause uma ótima impressão à quem entra.

Gostou das dicas? Acesse: https://casaclaudia.abril.com.br/ambientes/as-melhores-cores-para-pintar-cada-ambiente-da-casa/ e saiba mais.

TEMPO SECO E POEIRA EM CASA – VEJA COMO EVITAR.

Nessa época do ano em que o tempo está muito seco, a poeira toma conta das casas. Além de um visual feio e “sujo”, o pó acarreta em problemas respiratórios e alérgicos causando danos à saúde. Por isso, separamos algumas dicas de como evitar o acúmulo de pó dentro de casa. Confira:
1. Mantenha as janelas abertas para arejar o cômodo e evitar o acúmulo de umidade.
2. Lave e troque a roupa de cama com frequência.
3. Limpe os móveis com um pano úmido frequentemente.
4. Limpe as persianas com um pano úmido; no caso de cortinas de pano, lave-as a cada 15 dias.
5. Aspire tapetes, cortinas e almofadas semanalmente.
6. Evitar deixar expostos objetos que possam acumular a poeira, como livros, revistas, caixas, ursos de pelúcia, etc.
7. Troque o filtro do ar-condicionado frequentemente.
Gostou das dicas e quer saber mais? Acesse: https://www.dicasdemulher.com.br/17-maneiras-de-evitar-e-limpar-a-poeira-em-casa/

DICAS PARA TER A PRÓPRIA HORTA EM CASA

Ter uma horta particular requer um pouco de atenção e dedicação. Não importa se você reside em um apartamento pequeno ou em uma casa espaçosa com um jardim enorme... É possível ter a sua própria horta! A seguir separamos algumas dicas:

1 – Escolha um lugar que bata bastante sol, pois uma horta precisa de no mínimo quatro horas de sol diárias.

2 – Escolha vasos com no mínimo 15 cm de profundidade para que a muda tenha espaço para crescer saudável.

3 – Escolha vasos que contenham um furo embaixo para a drenagem ser feita corretamente.

4 – Nem todas as ervas podem compartilhar a mesma jardineira, uma vez que umas são mais espaçosas que as outras. Então pesquise um pouco sobre o comportamento das plantas antes de juntá-las em um só vaso.

5 – Adube a sua horta a cada 2 meses e garanta que a terra fique fértil e permaneça saudável.

Gostou das dicas e quer saber um pouco mais de como cuidar da sua própria horta? Então acesse: http://casavogue.globo.com/Arquitetura/Paisagismo/noticia/2017/05/8-dicas-para-sua-horta-dar-certo-de-primeira.html

MESAS DE CENTRO PARA SE INSPIRAR

21Ter uma mesa de apoio, seja ao lado do sofá ou no centro da sala, é fundamental para que o ambiente seja prático e funcional. Mas as mesinhas não são mais simples e normais como antigamente... A criatividade tomou conta e hoje temos diversos modelos para deixar o ambiente mais despojado.

1 – Mesa de centro com uma composição de mesinhas, uma ao lado da outra com diferentes desenhos e tamanhos.

2- Mesa de centro com desenho industrial, tornando o ambiente moderno.

3- A boa e velha banqueta não pode ser deixada de lado. Invista nela como mesa de apoio e garanta um ambiente despojado.

4- Mesa embutida na parede traz mais mobilidade ao ambiente e da uma sensação de amplitude.

5- O carrinho de chá/café antigo, pode virar um bom aliado da decoração. Use-o como mesa lateral.

6- Tambores decorativos também são uma ótima escolha para quem procura dar um ar moderno e despojado ao cômodo.

Para saber mais e se inspirar, acesse ->   http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/noticia/2015/11/mesa-de-centro-de-canto-ou-lateral-ideias-fora-do-comum.html

POR QUE USAR TAPETE?

  1. Os tapetes tornam os ambientes aquecidos.
  2. Auxiliam no isolamento acústico.
  3. Protegem o piso evitando manchas e arranhões.
  4. É um excelente objeto de decoração.
  5. Tem um excelente custo x benefício.
  6. São peças versáteis.
  7. Unem cores e texturas.
  8. Harmonizam a decoração.
  9. Os tapetes podem ser utilizados como delimitadores de espaços em ambientes.